img-feed img-feed-email

sábado, 30 de janeiro de 2010

Perguntas fortes... respostas fracas!!!

"Perguntas fortes e respostas fracas" (*). Ouvi essa frase essa semana de uma pessoa que admiro muito. O sentido da frase se aplica ao que vivemos hoje: temos muitas perguntas sem respostas! Muitas coisas que não entendemos, e que os que deveriam entender simplesmente não sabem explicar.
As respostas fracas são aquelas explicações superficiais às dores da nossa alma, aos nossos medos, frustrações e desilusões. O mundo não explica a fome, não explica a violência, não explica algumas mortes, não explica a corrupção, não explica a injustiça, não explica a miséria. Há muitas perguntas sem respostas profundas. Sempre nos dão respostas superficiais, simples, sem magnitude, sem contexto, sem lógica palpável. Tentam explicar as tragédias humanas com filosofia barata, com exemplos abstratos, com certas 'cientificidades' questionáveis.
Mas o mundo precisa de respostas fortes. Nós precisamos de respostas fortes. Respostas que tornem as perguntas inesplicavelmente fracas! Que superem expectativas, que atinjam a alma, que surpreendam-nos quando julgamos certas coisas como inexplicáveis. Omundo precisa de respostas fortes... daquelas que transmitem conhecimento, emoção, sentimento e principalmente sentido!
Eu preciso de respostas fortes... daquelas que me tornem fortes também! Daquelas que me ensinem a me comportar, a lutar por novos objetivos, a brigar por aquilo que quero da forma correta...
Eu quero respostas fortes... Urgente!!!
(*) Frase da Psicóloga e professora Stella Sarmento, citada em discurso de formatura de Psicologia.

5 comentários:

Pequeno Falcão disse...

Visitando e gostando! o título então...
"Mas o mundo precisa de respostas fortes. Nós precisamos de respostas fortes. Respostas que tornem as perguntas inesplicavelmente fracas"

Lindo! é poesia!!!

Agradeço a indicação do blog!
Vamos trocar figurinhas?
Vou seguir seu blog
Te aguardo coleguinha!
Beiju.

Luciana Kotaka disse...

Oi amiga, cadavez mais me colocaa refletir, adoro seu espaço, bem estimulador. Bjks querida

Paulo Fernando disse...

Eu acho que a formulação das perguntas é mais interessante. Acho que a teoria da relatividade está ai para provar que não existem respostas fortes ou fracas, tudo depende da assimilação e dos sentidos de cada um. Se a "força" da resposta significar o grau de veracidade, então prefiro desistir de achar essas tais respostas fortes.

"O mundo precisa de respostas fortes... daquelas que transmitem conhecimento, emoção, sentimento e principalmente sentido!"

Eu acho que respostas fortes e prontas podem se tornar facilmente ideologias, ou dogmas, que anulam a espontaneidade e a criatividade, que não forçam o indivíduo a pensar por si mesmo. Ele pode se tornar um robô teleguiado por respostas que outros lhe dão, respostas consideradas fortes e verdadeiras, e que não precisam ser revisadas ou questionadas. Por isso acredito que as perguntas são mais instrutivas e saudáveis ao ser humano, mesmo que não tenham respostas.

Euzinh@ disse...

Oie. Essa é minha intenção, mostrar o lado bom da vida apesar de todas as dificuldades que enfrentamos no dia a dia.
Brigada pelo elogio e vou seguir seu conselho!
Bjusss

Carlos Bayma disse...

Ou profundo ou nada! Superficial não! Superfície é máscara. E estou farto delas. Até das minhas!

Como você está em relação às eleições?

Visitantes do Idiotizando


Contador Grátis Desde 18/01/2010

Top comentaristas!

widget UsuárioCompulsivo Quanto mais você comentar aqui no Idiotizando mais chances você terá de ter o seu blog divulgado nessa lista! Comente já!

SEGUIDORES

Minha lista de blogs

IDIOTICAMENTE FALANDO:

Frase da semana: "Simplesmente sei que tudo o que sinto é muito mais meu do que todo o saber que me cerca!"> (Tahiana Andrade)
 
▲ TOPO ▲