img-feed img-feed-email

terça-feira, 8 de junho de 2010

As cinco linguagens do amor - Parte II

Como eu disse no post anterior, o amor possui diferentes linguagens, como afirma o estudo de Gary Chapman que desenvolveu sua teoria sobre o amor e, com isso, descreveu 5 linguagens que nos possibilitam amar e sentir-se amados. Segundo ele, cada pessoa possui uma linguagem de amor principal que faz com que ela se sinta amada, entretanto é possível que uma pessoa tenha mais de uma linguagem de amor como uma linguagem secundária. Para Gary, quando identificamos a linguagem do amor de nosso parceiro conseguimos demonstrar o que sentimos por ele com mais facilidade e, quando tal descoberta é recíproca, a relação amorosa torna-se mais intensa e com menos probabilidade de ocorrerem desentendimentos e discussões. E como isso é o que todo mundo quer, aí vão as dicas...
Antes, porém, é válido ressaltar que para identificar a sua linguagem do amor e a da pessoa que você ama, pense nos motivos que mais os fazem brigar, lembre de coisas que você deixa de fazer e que chateiam o seu parceiro e vice-versa, pense nas coisas que ele faz e que mais te agrada... e descubram-se!

1- PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO - Esta é uma linguagem aparentemente bem simples. Todo mundo gosta de receber elogios e de ouvir palavras bonitas, todavia, as pessoas que possuem 'palavras de afirmação' como linguagem do amor, sentem-se amadas quando ouvem constantemente coisas que a agradam. Essa linguagem consiste em dizer e ouvir do parceiro coisas sinceras sobre o que sentem um pelo outro, declarações de amor em palavras escritas ou faladas. Pessoas com essa linguagem predominante costumam se magoar muito mais com críticas e palavrões do que com agressão física, por exemplo.
DICA = Se seu parceiro tem 'Palavras de afirmação' como linguagem do amor, você pode agradá-lo enviando mensagens carinhosas no celular, e-mails relembrando a história de vocês, depoimentos no orkut e ainda espalhar bilhetinhos de amor nos objetos pessoais dele como carro, sapato, bolso da camisa... tudo isso sem custos.

2- ATOS DE SERVIÇO - Essa linguagem do amor é complicada para quem é preguiçoso e faz do óscio um ofício. Quem possui como linguagem 'Atos de serviço' gosta de ser servido pelo parceiro mas também gosta de servi-lo. Pessoas com essa linguagem gostam que o parceiro abra a porta do carro e não lhe negue um copo d'água, em compensação gostam de agradar o parceiro fazendo o possível para ajudá-lo nas atividades práticas do dia-a-dia.
DICA = Se essa é a linguagem de amor do seu parceiro é válido preparar para ele um café da manhã na cama, preparar a comida preferida dele para o jantar, pegá-lo no ponto de ônibus, se oferecer para ir no banco pagar uma conta (mesmo que seja com o dinheiro dele).

3- TEMPO DE QUALIDADE - Essa é uma das melhores (no meu ponto de vista!) pois envolve passar tempo com a pessoa que você ama. Nesta linguagem a pessoa sente-se amada quando é perguntada sobre o que fez durante o dia, quando seus problemas são ouvidos, quando fazem algumas das refeições juntos, quando conversam antes de sair para o trabalho e antes de dormir. Tempo de qualidade não é fingir que está escutando o que seu amado diz... mas é escutá-lo de verdade e ainda sugerir soluções para os problemas dele. Pessoas com essa linguagem gostam de ser lembradas com frequência durante o dia, como se ocupassem a maior parte do pensamento de seu parceiro e também gostam de ter as datas importantes, como aniversário de namoro por exemplo, sempre comemoradas.
DICA = Se 'Tempo de qualidade' é a linguagem de amor do seu amado você pode demonstrar isso ligando para ele durante o dia para perguntar como ele está, se já almoçou e se está cansado. É legal também, se possível, sair mais cedo do trabalho e ir direto encontrá-lo. Fazer uma visitinha em horário inesperado, sempre dando atenção ao que ele tem a dizer, respondendo atentamente suas perguntas e falando também sobre você e seus problemas.

4-  PRESENTES - Essa linguagem de amor é bonita quando é bem interpretada e não é confundida com interesse financeiro. Na linguagem dos presentes a pessoa gosta de receber pequenos mimos de vez em quando, independente do valor financeiro. Ela inclui pequenas necessidades do dia-a-dia, como comprar uma escova de dentes que seu parceiro precisa, ou uma caneta para o novo semestre da faculdade. Isso não significa que a pessoa só se interesse por presentes caros, se este for o caso, cuidado para não confundir interesse com amor.
DICA = Se esta é a linguagem de seu parceiro, que tal enche-lo de pequenas coisas durante essa semana dos namorados? Um simples botão de rosas, um esmalte recém-lançado, um cartão, a revelação de uma foto recente, um chocolate diferente a cada dia, um lanche diferente comprado na rua, uma música nova baixada no mp4 dele... várias coisinhas que no fim se tornarão um 'presentão' com baixo custo.

5- TOQUE FÍSICO - Não, não é sinônimo de sexo! Nesta linguagem do amor o toque é a principal demonstração de afeto, carinho e atenção. O indivíduo com esta linguagem gosta de sair sempre de mãos dadas com o parceiro e um simples cafuné pode significar uma promessa de amor para a vida toda, entretanto, quando chateados ou magoados com o parceiro, essas pessoas evitam tocá-los para não 'dar o braço a torcer'. Esta linguagem inclui desde um simples beijinho até uma noite mais envolvente. Entretanto, esses carinhos não devem limitar-se apenas a lugares de intimidade mas, principalmente a habientes públicos.
DICA = Caso seja 'Toque físico' a linguagem de amor do seu paceiro, é interessante envolve-lo com mais carinhos essa semana. Estar na porta do carro para ir embora e voltar para dar um beijinho 'extra'. Tocar a mão dela enquanto dirige. Acordar no meio da noite para dar um beijo na testa, um abraço ou simplesmente tocar a mão do parceiro. Pentear os cabelos dele. Abraçá-lo mais forte durante uma conversa entre amigos. Fazer uma massagem. Não largar a mão dele na hora de ir para o trabalho.


O post ficou longo mas, uma data especial como essa merece também dicas especiais. Neste dia dos namorados você pode se utilizar de diversas dicas e artíficios para fazer desta data inesquecível, entretanto, essas dicas sobre a linguagem do amor são válidas para quaisquer relacionamento afetivo incluindo relação entre pais e filhos, amigos e parentes. Também é interessante conversar sobre essas 5 linguagens do amor com o seu parceiro, juntos vocês poderão descobrir o que faz com que se sintam amados e poderão compartilhar suas necessidades de amor agradando-se mutuamente!

12 comentários:

Scheila disse...

EXCELENTE! A minha linguagem é atos de serviço mas, a de meu love é presentes!
Já sei o que fazer no sábado!
Valeu as dicas!

Déia disse...

Ui...

E viva o amor!!

bj

Luciana Kotaka disse...

Interessante, vou avaliar bem sua postagem. Bjks

Juliana Doerner disse...

Valeu a ansiedade!!!

Vou comprar esse livre... Amei o post...

OBS:
Tive que trocar o cenário, coloquei um provisório, ate eu decidir um que eu goste mesmo....

Beijos carinhosos...

AnTeNaDa disse...

Muito interessante seu post e muito bem escrito também. Espero que essa explanação que fez sobre o assunto ajude os corações apaixonados a se perceberem e demonstrarem seu amor da forma mais compreensível possível...
.
.
.
Afinal, demonstrar amor em sua totalidade é tão bonito quanto o sentimento propriamente dito.

Josy Nunes disse...

Oi,
Tahiana,
amiga, achei o máximo o texto e só que começei lendo o parte II e vou voltar pra ler o parte I..gostei muito da nº 3 é a minha cara..

Oh,
amiga, será que dá pra vc trocar a caixinha de linke-me do banana com farinha que está c/ problemas e não sei o que deu errado com ela. Mas, tenho uma nova caixinha que está com o código certo e tem uma outra, uma bananinha animada bem legal. Passa lá.. brigadão..
Beijão no seu coração e fica com Deus

Erica Vittorazzi disse...

Eu adorei o post. Parece tão fácil na teoria né?


Beijos


ps: Beijos para a sua mãe e irmã que me deixaram muito felizes de verdade.

Josy Nunes disse...

Oi,
Tahiana,
amiga, olha eu aqui "travez", agradeço por ter trocado a caixinha de linke. Valeu! Olha, eu viz a bananinha dançante usei um prograinha de animação de gifs e um blog que esnina passo a passo como fazer os gifs olha os dois links que usei ai:

http://www.glitter-graphics.com/

http://photoscapeedicoes.blogspot.com/

(Usei esses + pode ser outros, pesquisei no google e achei um monte só que esse mostrava como fazer e pra mim que não tenho nenhuma intimidade com criação de imagens foi bem mais fácil) Espero ter ajudado. Qualquer coisa é só pedir um help, não sei muito é fato, mais o que sei dá pra dividir com os amigos..e assim a gente vai dividindo, somando e mutiplicando nessa vida divertida blogueira rsrsrs. Brigadão....
Beijão no seu coração e fica com Deus

disse...

Adorei o post! E estou divulgando em meu Twitter... acredito q se as pessoas conhecerem mais sobre esse tema, os relacionamentos sofreriam menos! Parabens!

Sara Roosevelt disse...

li os dois posts aqi ...
Muito interessante MESMO ! *--*

Vera (Deficiente Ciente) disse...

Olá Tahiana!
Adorei essas dicas!Me vi e também vi meu namorado em algumas delas.
Parabéns pelo post!

Beijos!

Paulinha Magna disse...

Adorei seu Post! Irei colocá-lo no meu blog como referência! beijos =)

Como você está em relação às eleições?

Visitantes do Idiotizando


Contador Grátis Desde 18/01/2010

Top comentaristas!

widget UsuárioCompulsivo Quanto mais você comentar aqui no Idiotizando mais chances você terá de ter o seu blog divulgado nessa lista! Comente já!

SEGUIDORES

Minha lista de blogs

IDIOTICAMENTE FALANDO:

Frase da semana: "Simplesmente sei que tudo o que sinto é muito mais meu do que todo o saber que me cerca!"> (Tahiana Andrade)
 
▲ TOPO ▲