img-feed img-feed-email

terça-feira, 30 de março de 2010

Lágrimas em vão!

Primeiro quero pedir desculpas por não ter postado mais desde a última segunda-feira. Infelizmente fiquei toda a semana sem internet devido a uma forte chuva em minha cidade, o que me acometeu de uma grave crise de abstinência do blog, rs. Torço para que este problema não se repita, apesar de acreditar que o fato não esteja inteiramente resolvido. A cidade quase toda sem internet é um fato bastante grave, ao meu ver.
Peço então, desculpas também por não ter respondido ainda aos comentários de vocês, estou retornando a ativa e, com todo o gás.
"As pessoas conseguem chorar muito mais facilmente do que elas conseguem mudar." (James Baldwin)
Eu nunca tinha pensado nisso até me deparar, repetinamente, com esta frase em um texto da internet. Chorar é muito mais fácil do que mudar. Chorar é funcional! O choro nos vitimiza, minimiza culpa e responsabilidade. O choro é capaz de convencer as pessoas de que mudamos mesmo que o nosso comportamento tenha permanecido o mesmo.
Chorar simplifica as nossas ações cotidianas, e pode, inclusive, melhorar temporariamente os nossos relacionamentos. Chorar convence... Infelizmente!
Precisamos atentar para isso. Precisamos convencer aos outros e sermos convencidos por eles através dos comportamentos e não das lágrimas.
O choro é temporário... a mudança de compportamento pode ser definitiva e por isso é muito mais importante... e mais difícil!
Antes de acreditar no choro de alguém, observe os comportamentos subsequentes a ele.
Antes de emitir seus próprios choros, observe se estará disposto a mudar depois que secar as suas lágrimas.

8 comentários:

Pequeno Falcão disse...

Oi querida!
Que bom que está retornando, aqui ontem caiu um temporal daqueles e peguei ele todinho... sabe como é; adoro banho de chuva,rs! protegi a bolsa e vambora!! hoje tô inteirona...
Chôro é aquilo: raiva, protesto,impunidade; talvez nem sempre queiram dizer mudança mas reforçar sentimentos, expressa-los... hum?
Beijão gata!

Hefestos disse...

"Precisamos atentar para isso. Precisamos convencer aos outros e sermos convencidos por eles através dos comportamentos e não das lágrimas."

Esse trecho que você escreveu me fez lembrar uma frase de Machado de Assis, citada no Livro do Ruy Castro, Mau Humor, uma antologia definitiva das frases venenosas.

CHORAR

"Lágrimas não são argumentos."
Machado de Assis

AnTeNaDa disse...

Também se chora por estar esgotado, sem forças e as lágrimas falam mais... às vezes...

Isilda disse...

Chorar é uma tendência natural mas não significa nada.O que significa mais são os actos dessa pessoa.

Princesshollydri disse...

Oiii
Td bom?
Obrigada pela visita *-*
Gostei muito do seu blog
É sempre bom trocar conhecimentos sim *-*
Todos temos algo a acresecentar uns aos outros neh?
E qnt ao seu post,nossa uma semana sem internet...
Aqui na minha cidade ficamos dois dias sem internet e sem luz por causa da chuva esses tempos,moro em Joinville SC
E qnt a frase realmente faz todo o sentido qnd o choro vem de uma pessoa com cárater duvidoso
Vc é muito bem vinda no meu blog,apareça qnd quizer *-*
Vou te linkar lá
Bjinhos

Erica Vittorazzi disse...

Tathiana, por isso gosto do Lacan e o seu Le sent ments: O sentir mente.
Mas, as palavras sempre escapam e nos dize a verdade. Amei este texto.

Beijos

Erica Vittorazzi disse...

E eu escrevi o seu nome errado, Sorry!!!

Tahiana.

A culpa foi do h, juro!!

Paty disse...

Mulher!!!!!!!!
Amei esse espaço aki, tudo de bom.
Os textos são de uma categoria impressionante.
Não vou parar de vir aki visitar !!!
Em cada post seu encontrei palavras que precisava refletir.
Parabéns.
bj

Como você está em relação às eleições?

Visitantes do Idiotizando


Contador Grátis Desde 18/01/2010

Top comentaristas!

widget UsuárioCompulsivo Quanto mais você comentar aqui no Idiotizando mais chances você terá de ter o seu blog divulgado nessa lista! Comente já!

SEGUIDORES

Minha lista de blogs

IDIOTICAMENTE FALANDO:

Frase da semana: "Simplesmente sei que tudo o que sinto é muito mais meu do que todo o saber que me cerca!"> (Tahiana Andrade)
 
▲ TOPO ▲