img-feed img-feed-email

quarta-feira, 17 de março de 2010

'Drummondiando' as pedras

Vasculhando o meu computador encontrei alguns textos que escrevi no passado (um passado não tão distante assim, rs). Devido à minha falta de tempo e a uma repentina e momentânea falta de inspiração, resolvi postar um destes textos aqui. O escolhido chama-se 'Drummondiando as pedras' que escrevi em Outubro de 2007, porém possui um relação perfeita com o momento que estou vivendo atualmente. Aí vai:








Encontramos pedras no meio do caminho
E “drummondiamos”
Tentamos transformá-las em flores
Tentamos adaptá-las aos versos
E repetimos verozmente que há uma pedra no meio do caminho
Como se ao assim dizer
Pudéssemos removê-las sem esforços
Pudéssemos adequá-las para o nosso bel prazer
Mas, quem há de retirar as pedras
Enquanto proclamamos que elas estão em nosso caminho?
Sim... Tinha uma pedra no meio do caminho
Mas quando a transportaremos da rima para a solução?
Quando subiremos nela para decretar nossa revolução?
E se no meio do caminho não tivesse uma pedra
Mas várias?
O que diríamos então?
No meio do caminho tinham várias pedras...
Tinham pedregulhos no meio do caminho
Tinham diversas pedras
No meio do caminho tinham inúmeras pedras...
E o que faríamos então?
As contaríamos para a elas adequar melhor os nossos versos vãos?
As descreveríamos tentando drummondiar mais um pouco
Enquanto o tempo passasse e as pedras continuassem no meio do caminho
E, como não as removemos, elas se amontoam.
Criando novas rimas para nossas estrofes
E nos aproveitamos das pedras
E as transformamos em problemas insolucionáveis
Admirando as que se encontram no meio do caminho
Deixando o tempo passar, vazio
Deixando o vento soprar, de leve.
E seja a pedra grande ou pequena
O caminho continuará impedido
Porque estamos parados
Drummondiando as pedras do meio do caminho!

6 comentários:

Anna Carolina disse...

UAU, você escreve absurdamente bem;
Amei esse texto;

olha, ganhei um selo que você já tem;
mas como adoro muito o seu blog, resolvi indicá-lo, para que as outras pessoas que passam por lá possam visitar e conhecer o seu blog :)


beijõos

Pequeno Falcão disse...

Oi linda!
cada vez que passo por aqui gosto mais! não tenho "bagagem" para elogiar textos psicologicamente falando mas sou uma pessoa que gosta do conteúdo porque bate "lá dentro" e vejo uma afinidade entre nossas cabeças sei lá de que lado vindo,rs! Cê entende?
Amei o que você fez com o texto.
*A respeito do livro vou procurar! na verdade eram só rosquinhas; serão sempre rosquinhas, tortas, e merengues... será sempre a minha "cabeça" precisando reaprender!
Beiju e agradeço.

Juliana. disse...

Interessante Dina, que vamos construindo passos a passos os caminhos, sofrendo e vivendo, mais resistindo e sempre levantando!
Um beijo da Ju!

Nani disse...

Pode não ser fácil, mas ninguém disse que era difícil apenas a pedra do caminho e continuar...
Se não der para tirar, apenas passo por cima, mas não deixo uma pedra atrapalhar meu caminhar.

Beijos Tahiana, e parabéns pelo excelente texto!

Pequeno Falcão disse...

Oi querida Tahiana,
Tem um selinho no blog pra ti.
Linquei o teu,
Um beijão!

(●• LIA •●) disse...

Menina....que blog maravilhosooooooooooo1
Ameiiiiiiiiiii encontrá-lo!!
Vc escreve muitoooo bemmmmmm!
Tem um selinho lá no meu blog pra ti.
O segundo...que diz: "a dona desse blog é um amor!"

Beijos e bom fim de semana!

Como você está em relação às eleições?

Visitantes do Idiotizando


Contador Grátis Desde 18/01/2010

Top comentaristas!

widget UsuárioCompulsivo Quanto mais você comentar aqui no Idiotizando mais chances você terá de ter o seu blog divulgado nessa lista! Comente já!

SEGUIDORES

Minha lista de blogs

IDIOTICAMENTE FALANDO:

Frase da semana: "Simplesmente sei que tudo o que sinto é muito mais meu do que todo o saber que me cerca!"> (Tahiana Andrade)
 
▲ TOPO ▲