img-feed img-feed-email

domingo, 14 de março de 2010

Confiança e consistência

"A confiança é plasmada pela consistência."


Esta frase é de Skinner e foi a que eu escolhi para ser a frase desta semana... pra ficar alí no cantinho direito da tela martelando em sua cabeça todas as vezes que você visitar o Idiotizando.
Vamos às definições:
CONFIANÇA = Coragem proveniente da convicção do próprio valor, fé que se deposita em alguém, esperança firme.
PLASMADA = Formar ou modelar, cheio.
CONSISTÊNCIA = Estado daquilo que é consistente, firmeza, estabilidade!
Concordo com Skinner (como quase sempre, rs). De fato, diante das definições supracitadas, não é preciso dizer muita coisa. A confiança precisa da consistência para existir. Ter coragem para depositar fé em alguém depende, no mínimo, de um estado de estabilidade.
Recentemente li no blog Pequeno Falcão Light, da querida Lela, uma frase que me chamou muita atenção: "Confiança é artigo de luxo". Isso mesmo! Adquirir a confiança de alguém não é algo simples, não é instantâneo e não surge repetinamente. Se confiança é artigo de luxo fica subentendido então que ela não é para todo mundo, ou, mais especificamente, que não é pra quase ninguém.
A confiança é modelada por um estado duradouro de estabilidade e firmeza e se forma paulatinamente a partir de um processo de conhecimento interpessoal.
No mundo de hoje é realmente difícil ter confiança em alguém. Eu, particularmente, confio plenamente em apenas 4 pessoas no mundo, sendo que uma delas sou eu mesma. É difícil, ou quase impossível, encontrar alguém em quem possamos ter fé absoluta. É custoso, arriscado e pouco provável que encontrermos pessoas estáveis de verdade... daquelas a quem você se entrega de olhos fechados ou, como diz o famoso ditado popular, daquelas por quem você pode pôr a mão no fogo, sem medo de se queimar!
Você já parou para pensar em quantas pessoas você pode verdadeiramente confiar?
Para ajudar você a formar sua (micro)lista de pessoas confiáveis [ou ajudar a destruir a extensa lista que você já construíu], resolvi colocar aqui mais uma definição, vamos definir o verbo CONFIAR:
De acordo com o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, confiar é entregar alguma coisa a alguém sem receio de a perder ou sofrer dano; revelar; acreditar; entregar-se cheio de confiança.
A partir dessas definições poderemos então nos dedicar ao reconhecimento das pessoas confiáveis, se é que elas ainda existem!

8 comentários:

Momiji Manju disse...

Interessante.... Eu nunca parei para pensar nas pessoas em que eu realmente confio.

Anna Carolina disse...

muito interessante esse texto;
eu sou uma pessoa que me apego muito fácil às pessoas, sou de fácil amizade e tal, mas não confio muito nelas, sempre estou com um pé atrás, e pra te falar a verdade...nem em mim mesma eu confio às vezes..do nada eu surto e faço umas loucuras.
Pra que eu possa depositar confiança em alguém, eu tenho que conhecer muito bem a pessoa, e na minha convicção, ninguém chega a conhecer alguém tão bem quanto se imagina, sempre tem algo novo, ou escondido na pessoa que não sabemos, e quando discobrimos, nos surpreendemos.
Mas enfin, esse critério de confiança vai de cada um.

Juliana Oliveira disse...

- Não confio em todo mundo. Sou o camaleão em pessoa. Interessante o texto. Mas quando se confia em alguém, não há nada que pague o alívio e liberdade que possui com ela. E muuuuuuuuuuito obg pelo selo. Fiquei toda boba e postei lá. Muito bom saber que as pessoas curtem o que a gente escreve. Apareça, beijus

Déia disse...

Triste dedução minha, mas confio em pouquíssimas pessoas,tipo 3, sendo que eu sou uma delas kkkkkk

bj

Pequeno Falcão disse...

Agradeço muito a citação do blog Pequeno Falcâo e as palavras que derramo ali. Você dá mostras de sua generosidade! Cita, dá a referência e linka o blog. Isso é uma coisa legal!
Quanto a mim; uma aprendiz; jogando com as pedras que apanho no caminho!
Um grande beiju Tahiana.

Rafaela Andrade disse...

Ola! querida, acabei de colocar o selo on line, mas ainda sim quero dizer que disse tudo: confiança é muito dificil de se conquistar.
Agora com umas reflexões tão profundas por que idiotizando?
hum...
Boa semana!
http:\\apenasumpontoesportivo.blogspot.com
http:\\apenasumponto.blogspot.com

Késia Maximiano disse...

A confiança é um bem tão delicado q a gente tem né?
Beijos

Nani disse...

Oi Tahiana!

Acho que a minha máxima é "confiar desconfiando". Você pode me achar cética, e sou mesmo =D

Na verdade acredito que a medida da confiança é a mesma medida da expectativa. Se você se relaciona sem esperar muito em troca (difícil!) confia na medida do que espera deste relacionamento. O problema é que relacionamentos causam uma expectativa, na maioria das vezes, alta. Enorme. Você pode notar como tem sempre alguém se achando idiota por ter confiado em alguém que traiu a confiança, por ter tido expectativas de retorno além do que lhe foi dado. Por isso não espero criar uma vasta lista de "confiáveis", pois não exijo muito de muitas pessoas, apenas o cabível a cada um em seu papel, seja no trabalho, na vida pessoal, com familia ou amigos.

Beijão! Obrigada por estimular e não deixar que o dia a dia atrofie a mente.

Como você está em relação às eleições?

Visitantes do Idiotizando


Contador Grátis Desde 18/01/2010

Top comentaristas!

widget UsuárioCompulsivo Quanto mais você comentar aqui no Idiotizando mais chances você terá de ter o seu blog divulgado nessa lista! Comente já!

SEGUIDORES

Minha lista de blogs

IDIOTICAMENTE FALANDO:

Frase da semana: "Simplesmente sei que tudo o que sinto é muito mais meu do que todo o saber que me cerca!"> (Tahiana Andrade)
 
▲ TOPO ▲