img-feed img-feed-email

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Memórias de uma Jaburú

JABURÚ!!!
Este era o meu apelido aos 11 anos de idade!
Tahiana Jaburú!!!
Nunca sei porque me apelidaram dessa forma. Quando criança, eu era magrela, muito magrela, e apesar de ter o cabelo liso ele era muito volumoso... minha irmã me disse que eu parecia uma vassoura invertida. Mas, não acho que eu poderia ser considerada um jaburú (significa pessoa feia, esquisita).
Eu estava na quinta série do ensino fundamental e ele estudava comigo. Eu era 'A jaburú' e me chamarem dessa forma se tornou bastante comum. Não existia um colega de classe que não me chamasse de jaburú. Porém o pior não era o apelido mas as situações que o acompanhavam!
Por eu 'ser' uma jaburú ninguém gostava de fazer as atividades escolares comigo (mesmo eu tendo ótimas notas!). Não chamavam a jaburú para as brincadeiras na hora do intervalo... nunca ouviam o que a jaburú tinha a dizer. Ninguém conversava com a jaburú. Além de jaburú eu era solitária. Além de criticada, a jaburu aqui era excluída, isolada, rejeitada e muito, muito humilhada!
Me lembro do dia, já na sétima série do ensino fundamental, em que uma professora resolveu criar um mural interativo onde os alunos poderiam deixar recadinhos 'amigáveis' uns para os outros. Já no dia seguinte, em letras garrafais gigantescas havia um enorme recado destinado a mim: "Tahiana, você é a jaburú mais feia que eu já conheci". O recado foi assinado por quase toda a turma! Diante de tudo isso eles nunca conseguiram me fazer entrar em uma discussão, nem me fazer chorar (na frente deles) porém, inúmeras vezes eles conseguiram me fazer sentir como uma jaburú... a jaburú mais feia do mundo!
Mas o tempo passou... Ainda bem que passou!
Após 6 anos rotulada como jaburu eu mudei de escola... passei uns 3 anos longe dos 'colegas' que me apelidaram até, enfim, ingressar na faculdade.
[...]
Com o tempo que passou eu adquiri mais confiança em mim mesma! Fiz novas amizades. Deixei de ser a garotinha feia e excluída... Eu era estudande de psicologia, líder de turma, 'garota-propaganda' de um salão de beleza, líder de um movimento que queria mudar a coordenadora do curso de Psicologia (e conseguimos). Eu tinha amigos! Eu tinha influência! Eu tinha importância!
Hoje, me lembro de todas as humilhações de que passei... acho que é impossível esquecer certas coisas! Mas, me lembro também de minha superação diante de uma adolescência humilhante na escola! Eu sou Psicóloga! Sou casada! Sou feliz! Sou bonita e inteligente (no meu ponto de vista)! Eu não sou mais 'A jaburú'. Sou Tahiana Andrade... a mulher mais incrível que eu já conheci!

13 comentários:

Momiji Manju disse...

*DáumchutenoAron* Adoreeeei a reviravolta! O seu post é uma prova de quem bate esquece e quem leva não esquece nunca. Adoreeeei!

(●• LIA •●) disse...

"Eu sou Psicóloga! Sou casada! Sou feliz! Sou bonita e inteligente (no meu ponto de vista)! Eu não sou mais 'A jaburú'. Sou Tahiana Andrade... Eu sou Psicóloga! Sou casada! Sou feliz! Sou bonita e inteligente (no meu ponto de vista)! Eu não sou mais 'A jaburú'. Sou Tahiana Andrade... a mulher mais incrível que eu já conheci!

Simplismente perfeito! O destino tem caminhos que desconhecemos. E o Aron.... desconhe com certeza o ditado: "aqui se faz...aqui se paga!"

Perfeito seu texto!
Digo em colocar as palavras nos lugares que a compreensão seja compreendida e aprisone o leitor.
Mas vc é "Tahiana Andrade... a mulher mais incrível que eu já conheci!"

Parabéns!

Pequeno Falcão disse...

Amei! o princípio da resiliência!
Mulher linda e forte, teu nome é Thaiana! adorei porque tua vingança pessoal aconteceu no tempo certo! no tempo da vida!
Isto aqui é um big blog!rs!
Parabéns linda.

(●• LIA •●) disse...

Eu explico sim as cumpulsões!
Nós que fazemos dietas...as vezes restrigimos muitas coisas... ai do nada... temos vontade de comer tudo. Mas digo tudo mesmo. Saimos comendo de 03 a 04 paões eu unica vez. Bebendo muito sucos, vitaminas...doces, bolos, comida de panela, mc'donalds e afins. Tudo em questão de segundo. Tipo um bolo inteiro. Ai...queremos vomitar(eu não vomito pois odeio) mas ....passso mt mau. Aiii toma váriossssssssssss laxantes... e fica chorando igual uma doida.

É isso o mundo doido desses meninas(inclusive eu)
Mas agora eu tô bem tranquila. Eu amo pão. Qualqluer tipo de pão. Eu quando estive em Lisboa/Portugal... a terra dos maravilhosos pães quase enloqueci. Pois tudo que comemos antes a entrada tem um pãozinho deliciosona mesa .ahhhh que sacrifício.

Entendeu agora?! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Beijocas minha linda mulher !!!

(●• LIA •●) disse...

Desculpa os errros de grafia. É a presa. Mas dar para entender. ahhh pão é milha perdição. Se eu não come 1 pelo meno no dia enloqueço.
Os franceses são os meu prediletos. Mas tb como integral, siro e afins. Eu tb em Paris...enloqueci com as bisnagas...cada uma mais deliciosa que as outras. Aquelasssssssss enormes em baixo do braço.... eu morri!kkkkkkkkkk

Déia disse...

Ponto pra vc!!

Bem feito pra ele! Eu queria ser uma mosquinha pra ver a cara de taxo que ele ficou!!

Parabens por sua superação!!Como é bom quando o mundo nos da essa chance!

bjkas

Juliana. disse...

Nossa..Tahiana..coisa boa hein..ele mereceu..aff..tem pessoas que não conseguem enxergar o próprio umbigo e ficam criticando os outros..fico indignada com isso! Mais que bom q vc superou tudo isso! Fico feliz!
Um beijo

AnTeNaDa disse...

De fato, pelo seu relato, eu daria tudo para ver a cara do tal Aron. Ficou sem palavras! Acredito que nesse momento ele se deu conta do que significa "arrependimento". Mas, a vida é uma caixinha de surpresas. Quando somos crianças tudo é feito sem muita noção de mérito, por impulso, para se ter atenção. Quando crescemos, percebemos que aqueles acontecimentos tão significativos, na verdade, não foram nada. Tudo começa agora! E o Aron se dando conta disso, na sua frente e sem palavras, deve ter sido o meio que a vida te deu pra perceber que é agora que tudo realmente vale. O jogo começa agora e você marcou muitos pontos na frente dele. Parabéns...

Luciana Kotaka disse...

Vc foi ótima amiga. Também tenhos minhas histórias e algumas me incomodam. Mas valeu, deu a grande virada. Bjks querida

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Tahiana! Passando para agradecer a visita e o comentário que deixaste no nosso espaço e dizer que agiste da forma mais correta possível. O cidadão deve está até hoje com uma bela dor na consciência, se é que ele tem. A vingança é um prato que se come frio!

Beijos e ótimo final de semana pra ti e para os teus.

Furtado.

Juliana Oliveira disse...

- Me identifiquei horrores com o seu post. Não fui uma jaburú, mas tive uma coleção de outros apelidos. Mas que tão sonhada reviravolta hein?Quem me dera, poder me deliciar assim com algo. Dei uma sumida, mas foi por causa do trabalho, andei muito ocupada e tirei uma semana para descansar. Tem post novo, acho que vai gostar... é sobre o quanto os exluídos me fascinam
senti falta das coisas que escreve tbm, e tbm sempre me identificando
Bjooooo
apareça

Clara Soares disse...

nossa que legal e super interessante tudo que você escreveu. a parte que mais gostei foia da superação , tem pessoas que não superam essas coisas de encino fundamental. graças a Deus que isso nunca aconteceu comigo,mas se acontecesse queria ter a mesma força de vontade que você. caramba meu sonho é ser pscicóloga, vou pegar umas dicas com você pode ser ? *-* . mas ainda falta um pouquinho estou no 1° ano do encino médio , rs :D . obrigada por ter postado no comentado no meu blog . beijos

Isilda disse...

Os patos feios transformam-se mais tarde em belos cisnes!
É o final de todas as histórias "cor-de-rosa" digamos hehehehee!
Eu também fui vítima de bullying...foi horrível os tempos que passei!Mas ainda bem que essa parte da minha vida apagou-se da memória.

Uma vez apareceu numa revista uma entrevista a um apresentador da RTP que quando era pequeno também foi vítima de bullying.Foi discriminado durante 10 anos por ser gordo.
Esta entrevista foi a propósito de quando noticiavam a morte de um menino de 12 anos no rio Tua,a dizer que ele era vítima de perseguições fora da escola.

Como você está em relação às eleições?

Visitantes do Idiotizando


Contador Grátis Desde 18/01/2010

Top comentaristas!

widget UsuárioCompulsivo Quanto mais você comentar aqui no Idiotizando mais chances você terá de ter o seu blog divulgado nessa lista! Comente já!

SEGUIDORES

Minha lista de blogs

IDIOTICAMENTE FALANDO:

Frase da semana: "Simplesmente sei que tudo o que sinto é muito mais meu do que todo o saber que me cerca!"> (Tahiana Andrade)
 
▲ TOPO ▲